Pular para o conteúdo principal

Cascas

descascadordemaca1

Não entendo porque algumas pessoas tiram a casca para comer algo.

É uma das coisas mais gostosa da alimento. Seja a maçã, tomate, ou até mesmo a batata!

Fora isso, as cascas são ricas em fibras, vitaminas e, pq não, sabor!

Eu quando faço molho de tomate ou cozinho batata não tiro a casca para comer... É bom! acredite! rsrs Fica mais... er... rústico!

E vocês? comem com casca ou preferem tudo descascado?

Achei nesse blog uma receita interessante de Bolo com Casca de Banana. Se alguém fizer, me avise se é tão bom quanto parece?

Comentários

Glaciel disse…
Muito bacana o tema "Cascas", meus familiares em Minas Gerais, costumam utilizar muito as cascas tbm, fazem batatas fritas, suco de abacaxi, etc....engraçado que não fazem isso pelas vitaminas que a casca possue, mas sim com o objetivo de reaproveitar e fazer com que as porções rendam mais atendendo a necessidade de todos.
Anônimo disse…
Eu também gosto de tudo com casca. Figo, uva, maçã... No Outback há batatas fritas com casca deliciosas!!

A Amiga
Anônimo disse…
Batata frita com casca, bem rústica, é uma delícia mesmo... Mas casca de banana, hum... Não sei se me arrisco, não! ;) Gostei muito do blog, parabéns. Bjs!
Sabine disse…
Acabei de conhecer seu blog, virei mais vezes. Adorei!
Lendo seu blog achei a dica para reaproveitar os rótulos, nossa amei a idéia, ficaram lindos e charmosos. Vou fazer com certeza!
Abraços.
Molho de tomate sem casca, a casca amarga o molho.
Quel disse…
Acho tudo usar a casca. Inclusive as cascas, bagaços já foram tema do Globo Repórter em uma matéria bem interessante e legal pra quem gosta de aproveitar tudo no alimento. Mas infelizmente, é na casca que a maior parte dos pesticidas usados nas plantações fica. Vale a pena seguir os métodos indicados por especialistas em retirar esses pesticidas das frutas, legumes: bicabornato por exemplo. Beijos.

Postagens mais visitadas deste blog

É... O tomate tá ficando caro no mundo todo!!

Nova York levando café a sério

A dinâmica presente no DNA de Nova York se mostra presente também na cena de cafés especiais.   A cada ano que passa fica evidente a vocação de Nova York para, assim como Porltand, Seatle e São Francisco, ser um ponto de referência de cafés especiais.   Visitei e re-visitei nas últimas duas semanas aproximadamente 30 cafés especiais em Nova York além de lugares onde o nova-iorquino consome boa parte da bebida como Mc Donalds, Dunkin Donuts e, claro, Starbucks.   Gorjetas   Uma coisa que me chamou atenção esse ano foi a gorjeta. Culturalmente, as gorjetas variam de 10 a 15% do valor do pedido. Quase todos os cafés de NY hoje usam um iPad como POS ou ponto de venda (a nova geração da tela da caixa registradora) e simplesmente giram a tela para o consumidor colocar o quanto gostaria de dar de gorjeta.   É fato que muita gente nos EUA vive com o dinheiro dessas gorjetas, que é muitas vezes maior que o valor do salário. Mas aqueles 10 ou 15% tradicionais estão virando coisa do passado. Algu

1000 coisas para comer antes de morrer

#0006 Pierog Comida típica polonesa, esse salgado é uma mistura do nosso pastel com um grande ravioli semi-cozido. No recheio, repolho, cebolinha, batatas e carne e cogumelos portobello. Além de versões mais modernas com morangos e confitures. Tradicionalíssimo na Europa central desde o século XVII e patrimônio gastronômico da Polônia.