Pular para o conteúdo principal

Comidinha de avião

Comida de avião virou sinônimo de comida ruim.

Ultimamente algums cias aéreas andam se importanto um pouco mais com isso, algumas com chefs renomados assinando o cardápio. Mas se você não está em uma primeira classe, fatalmente vc irá deparar-se com uma comida intragável.

A Qantas bem que tenta, mas a comida deixa muito a desejar. Assim que vc entra no avião, recebe um cardápio com os horários e menu das refeições.

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

Você se enche de esperança para depois se decepcionar. Minha opção para o almoço (carne com molho de tomilho e purê de batatas) estava com a carne boa, mas os legumes quase crus, e o purê de batata com gosto de... alguma coisa.

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

E ainda teve um sorvete. Super ultra congelado e duro.

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

No jantar, a mnha escolha seria o Salmão, mas, pra variar, não tinha mais (e viva a classe econômica) e tive que ficar com o frango com arroz e verduras e salada de repolho (sim, no avião fechado!!!), que estavam horríveis.

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

Mas até hoje, a melor comida de avião que comi foi da KLM. Inclusive com talheres de metal.

Comentários

Carol disse…
Talheres de metaallll...to procurando o meu até hoje...rs..uma hora eu achooooo!!! Ai que saudadeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeee
Unknown disse…
Acabei de ler o post e ver as fotos. Meus pais e eu demos boas risadas...kkk. Atualize sempre!! Bjim.
Que horror, talheres de plástico... Já ouvi dizer que eles existem, mas nunca cheguei a ver um de perto.

Postagens mais visitadas deste blog

É... O tomate tá ficando caro no mundo todo!!

Nova York levando café a sério

A dinâmica presente no DNA de Nova York se mostra presente também na cena de cafés especiais.   A cada ano que passa fica evidente a vocação de Nova York para, assim como Porltand, Seatle e São Francisco, ser um ponto de referência de cafés especiais.   Visitei e re-visitei nas últimas duas semanas aproximadamente 30 cafés especiais em Nova York além de lugares onde o nova-iorquino consome boa parte da bebida como Mc Donalds, Dunkin Donuts e, claro, Starbucks.   Gorjetas   Uma coisa que me chamou atenção esse ano foi a gorjeta. Culturalmente, as gorjetas variam de 10 a 15% do valor do pedido. Quase todos os cafés de NY hoje usam um iPad como POS ou ponto de venda (a nova geração da tela da caixa registradora) e simplesmente giram a tela para o consumidor colocar o quanto gostaria de dar de gorjeta.   É fato que muita gente nos EUA vive com o dinheiro dessas gorjetas, que é muitas vezes maior que o valor do salário. Mas aqueles 10 ou 15% tradicionais estão virando coisa do passado. Algu