Pular para o conteúdo principal

A Kopenhagen do povão

Há uns anos atrás, os chocólatras devem se lembrar, começou a aparecer uma marca estranha de chocolate por aí. Era a Cacau Show que até as cabeleireiras revendiam em seus salões de beleza.

cacau_show

Começou tímida e hoje tem até merchan na Ana Maria Braga.

kopenhagen2

Pois bem. A Kopenhagen viu esse filão de mercado na, agora consumista, classe C e também lançou uns chocolatinhos mais baratos, como o Mania (que era horrível). Ao que tudo indica, não deu muito certo.

Pra não perder o filão, resolveu lançar nesse ano uma nova marca: Brasil Cacau, a Kopenhagen para a classe C.

O nome parece uma fusão da Sweet Brazil + Cacau Show.

brasilcacau

Pelo site dá pra perceber muitas coisas. 

-> Em nenhum momento dizem que fazem parte de uma chocolateria tradicional. Dá a entender que é uma empresa que começou do zero. (Eu só fui perceber que era a mesma empresa na reportagem do Jornal Nacional de hoje com a Renata Vichi, VP da Kopenhagen, dentro da Brasil Cacau). 

-> Se tem qualidade no nome, desconfie. É como dinheiro: quem tem não precisa falar.

-> Tem um apelo muito popular: contratou o Cauã Reymond para ser o garoto-propaganda.

-> Os chocolates são "formatados" demais, nada artesanais.

-> São cópias da "carta" de chocolates da empresa-mãe: O Língua de Gato virou Gato Mia e a Nhá Benta virou Dinda, por exemplo.

-> Parece não ter apego com as marcas: no site anuncia chocolate João e Maria sendo que a foto da embalagem está como Maria e João. Pode parecer besteira, mas vai trocar o nome do Matte Leão por Leão Matte...

vitor_ou_vitoria

Ainda não experimentei, não posso opinar sobre o gosto e muito menos enquadrar na categoria PAN dos chocolates. Pode ser uma boa, como pode não ser.

Eu já não sou muito fã da Kopenhagen (não compro, mas tb não recuso). É um chocolate muito caro para o que se propõe realmente. Existem outras opções bem mais vantajosas no mesmo preço ou opções bem mais baratas como o, pasme, chocolate Noir 74% Cacau de fabricação do próprio supermercado Dia. É um chocolate muito bom com preço baixo.

Mas gostar de algo é muito subjetivo, pessoal e envolve tantas coisas que só você pode dizer se é bom ou ruim.

Até ganhar um chocolate com carinho, tem um sabor diferente! :)

Comentários

Hehehe... O pior é que se for para avaliar a comunicação, a Kopenhagen já é para classe C... Lembra da campanha com o Edson Celulari, que vergonha? E depois que surgiram outras marcas como Neu Haus, Sweet Brazil e afins, deu pra ver o quanto a própria Kopenhagen carecia em qualidade... :P
Abraços!
Auki disse…
Nossa... Nem fale! É horrível...

A Ivete Sangalo vendia o Mania!! haha


E o que sao aquelas rosas cafona de chocolate deles? afff!!

Abração
Leonardo Costa disse…
O único chocolate da Kopenhagen que não tem similar, na minha opinião, é o bombom Cherry Brandi (é assim que se escreve?), apesar do preço exagerado (Cerca de R$ 8,00 cada). De resto os preços são muito elevados para chocolates comuns. Alguns até inferiores aos da Lacta, Nestlé e Garoto.

Cacau Show segue a mesma linha, vale por ter coisas diferentes, como as trufas, e preços mais baixos.
Jux disse…
Auki.
Aqui em Patópolis - conhecida tb como Florianópolis, aquele lugar onde muita gente passa férias - descobri recentemente essa lojinha da Brasil Cacau. A primeira coisa que me chamou a atenção é de que o apelo é bem semelhantte ao da Cacau Show. Como adoro novidades, fui conhecer. Tirando alguns detalhes acerca da interação do staff - que não vem ao caso - eu gostei DEMAIS da trufa. Achei ela bem mais parecida com as trufas caseiras e bem menos doce do que as da Cacau Show. não provei todos os produtos, mas digo que vale a pena experimentar para formular uma opinião gustativa. E eu ne,m sabia que esse Brasil Cacao era filho da K...
Abraço!
Luci Espíndola disse…
Comprei para presentear. Gostei das embalagens, gostei da loja, apesar de diabética, provei algum. Bem menos doce que os da Cacau Show e mais acessível para nosso bolso. Não desmereçendo a mãe K..., eles estão fazendo sucesso em Niterói

Postagens mais visitadas deste blog

É... O tomate tá ficando caro no mundo todo!!

Nova York levando café a sério

A dinâmica presente no DNA de Nova York se mostra presente também na cena de cafés especiais.   A cada ano que passa fica evidente a vocação de Nova York para, assim como Porltand, Seatle e São Francisco, ser um ponto de referência de cafés especiais.   Visitei e re-visitei nas últimas duas semanas aproximadamente 30 cafés especiais em Nova York além de lugares onde o nova-iorquino consome boa parte da bebida como Mc Donalds, Dunkin Donuts e, claro, Starbucks.   Gorjetas   Uma coisa que me chamou atenção esse ano foi a gorjeta. Culturalmente, as gorjetas variam de 10 a 15% do valor do pedido. Quase todos os cafés de NY hoje usam um iPad como POS ou ponto de venda (a nova geração da tela da caixa registradora) e simplesmente giram a tela para o consumidor colocar o quanto gostaria de dar de gorjeta.   É fato que muita gente nos EUA vive com o dinheiro dessas gorjetas, que é muitas vezes maior que o valor do salário. Mas aqueles 10 ou 15% tradicionais estão virando coisa do passado. Algu

1000 coisas para comer antes de morrer

#0006 Pierog Comida típica polonesa, esse salgado é uma mistura do nosso pastel com um grande ravioli semi-cozido. No recheio, repolho, cebolinha, batatas e carne e cogumelos portobello. Além de versões mais modernas com morangos e confitures. Tradicionalíssimo na Europa central desde o século XVII e patrimônio gastronômico da Polônia.