Pular para o conteúdo principal

1000 coisas para comer antes de morrer

#0007 Nutella

nutella

Tudo que você precisa para ser feliz é um pouco de Nutella e de fantasia!

Nutella vai bem com tudo! Seja no pão, torrada, bolo, como calda de sorvete, no café ou recheio de crepe.

Tudo começou com o nascimento de uma receita em Turim, Itália, em 1867 chamada giandujotti. Mais tarde popularizada como Gianduia.

Trata-se de uma receita feita com chocolate, amêndoas e avelãs. Essas castanhas foram inseridas para baratear o valor do chocolate, já que naquela época houve um aumento absurdo nos preços do cacau.

Com o tempo, a Gianduia foi ficando mais refinada e cara de ser produzida, tornando, até hoje, um produto muito fino e especial.

Em 1949, o sr. Pietro Ferrero criou uma versão mais barata de gianduia, tirando as amêndoas e misturando outros ingredientes, transformando assim, em 1964 na famosa Nutella.

Nutella não é (e nem deve) ser considerado gianduia. É um doce de chocolate com 13% de pasta de avelã.

Ela se tornou um fenômeno cultural, social e mundial:

Em Nova York você pode comer um famoso danish com recheio de Nutella

Em Paris é praticamente obrigatório as creparias e barraquinhas de rua terem crepe de Nutella. E é um dos mais vendidos.

Em São Paulo você toma um delicioso Capuccino de Nutella no Paris 6.

Aqui no Brasil encontramos potes mínimos de Nutella para vender. Os tamanhos variam de 180g a 350g.

Na Europa, o tamanho padrão é de 750g mas também disponíveis em potes de 3kg e 5kg. Isso sim que é felicidade!

E na Ítália, é praticamente um patrimônio, junto com a seleção de futebol! Até vendem em potes comemorativos:

nutella3 

Uma das cenas épicas do cinema italiano, a do filme "Bianca" do Nanni Moretti, mostra o personagem principal, Michele (interpretado pelo próprio Nanni), combatendo a angústia com um imenso pote de Nutella. Genial.

No Facebook (a maior rede social do mundo), o produto com maior número de fãs é... Nutella!

Por essas e outras que você não pode deixar de comer, ao menos uma vez na vida, essa delícia da Ferrero.

E como diz um amigo meu: Nutella é o novo Catupiry!

Comentários

Anônimo disse…
Então o Nanni Moretti já foi beeeem menos denso que em O Quarto do Filho, hahaha
Você já viu esse filme inteiro?

A Amiga
Flávio (Mamão) disse…
Venho acompanhado este blog há algum tempo. Tudo o que tenho a fazer é parabenizá-lo pelo bom gosto empregado nestes excelentes posts.
abraços!
Anônimo disse…
adoro nutella com gelatina de cereja... =)
.
.ike.
.
Anônimo disse…
Sigo o bistrozinho a algum tempo. Vim parar aqui através do "panela de cobre", outro blog que adoro.
Seus posts são demais, super bem humorados e de extremo bom gosto. Também sou publicitária e apaixonada pela boa mesa, portanto meus parabéns e estou esperando vir o próximo post.

Beijo

Roberta Villela

Postagens mais visitadas deste blog

É... O tomate tá ficando caro no mundo todo!!

Nova York levando café a sério

A dinâmica presente no DNA de Nova York se mostra presente também na cena de cafés especiais.   A cada ano que passa fica evidente a vocação de Nova York para, assim como Porltand, Seatle e São Francisco, ser um ponto de referência de cafés especiais.   Visitei e re-visitei nas últimas duas semanas aproximadamente 30 cafés especiais em Nova York além de lugares onde o nova-iorquino consome boa parte da bebida como Mc Donalds, Dunkin Donuts e, claro, Starbucks.   Gorjetas   Uma coisa que me chamou atenção esse ano foi a gorjeta. Culturalmente, as gorjetas variam de 10 a 15% do valor do pedido. Quase todos os cafés de NY hoje usam um iPad como POS ou ponto de venda (a nova geração da tela da caixa registradora) e simplesmente giram a tela para o consumidor colocar o quanto gostaria de dar de gorjeta.   É fato que muita gente nos EUA vive com o dinheiro dessas gorjetas, que é muitas vezes maior que o valor do salário. Mas aqueles 10 ou 15% tradicionais estão virando coisa do passado. Algu