Pular para o conteúdo principal

Confitures e Geléias

geleias e confitures 

No Brasil, tudo é geléia!

Não é bem assim. Muita gente confunde confiture com geléia. Mas são coisas bem distintas.

Confiture é um processo de conservação de frutas com açúcar, feito com frutas em pedaços macerados. Muito parecido com a nossa geléia.

Geléia é mais nobre. É somente o sumo da fruta com açúcar. As frutas precisam ser ricas em pectinas para poder dar a consistência (e aparência) de gel (gel, geléia... pegou?!). As melhores são pêssego, groselha, framboesa, morango, blueberry (ou mirtilo), amora, maçã e cassis.

Claro que pode-se fazer geléias com outras frutas. Geralmente usadas com pectina industrial extraídas de maçãs.

Além disso, a confiture é bem mais barata e os potes são maiores, mas isso não significa que é menos gostosa.

Quando for viajar, fique atento aos rótulos e não estranhe se um vidrão de "geléia" de 1kg custar poucos euros (talvez 1 ou 2), e outros de 200g custarem os olhos da cara! ;)

Comentários

Anônimo disse…
Nossa, nunca tinha parado para pensar nessa diferença. Eu amo "geléia". E prefiro confiture (qual a pronúncia correta?) a geléia. Adoro sentir a fruta e as sementinhas na "geléia".
Essa geléia "sem fruta" sempre me pareceu mais artificial que a geléia "com fruta", rsrs.
Minha mãe faz mt confiture, porque eu gosto. Ela faz até de jabuticaba, fica uma delícia. Para dar a pectina necessária, ela bate casca de maçã com um pouco de água e coa, e coloca essa água de maçã na geléia, para dar o ponto. Supimpa!


A Amiga

Postagens mais visitadas deste blog

É... O tomate tá ficando caro no mundo todo!!

1000 coisas para comer antes de morrer

#0006 Pierog Comida típica polonesa, esse salgado é uma mistura do nosso pastel com um grande ravioli semi-cozido. No recheio, repolho, cebolinha, batatas e carne e cogumelos portobello. Além de versões mais modernas com morangos e confitures. Tradicionalíssimo na Europa central desde o século XVII e patrimônio gastronômico da Polônia.

Pão de Queijo feito em casa. Direto de Minas!

Outro dia comentei aqui no blog sobre a General Mills que irá descontinuar (adoro essa palavra) as marcas de pães e massas, incluindo a salvadora-do-lanche-da-tarde Forno de Minas . Pois bem, o leitor Rubens havia comentado o post, totalmente revoltado, com o sofrimento que ele tinha aqui em São Paulo de comer o verdadeiro pão de queijo mineiro. Detalhe: ele é mineiro. Ele comentou do pão de queijo caseiro da mãe dele. Pedi a receita e não é que a Dona Odete liberou pra gente?? Segue a receita do pão de queijo caseiro, feito lá em Minas... E que parece sensacional. Ainda não fiz, mas já está na listinhas de coisas para se fazer nos próximos finais de semana! [a receita segue descrita conforme foi enviada, para não perdermos nenhum detalhe!] Pão de Queijo da D. Odete Ingredientes: 1 copo (americano) de óleo 1 copo (americano) de leite 5 ovos 1kg de Polvilho azedo 1 colher (chá) sal 1 prato de queijo ralado 1 copo (americano) de águ