Pular para o conteúdo principal

A paixão dos australianos pelo café!

A Austrália leva o café a sério.



Você sabia que a Austrália é o país com maior penetração de mercado das cafeteiras espressos domésticas? Pois é... Maior ainda que a Itália, tradicionalmente a terra do espresso.



Além disso, no final de semana passado saiu o Sydney Good Café Guide 2011. Trata-se de um guia com todos os cafés (cafeterias) que valem a pena visitar em Sydney, com classificação do ambiente, café, estilo, tradição, grãos, etc.


Foram mais de 250 cafeterias visitadas e comentadas num livro de 130 páginas, organizado pelo jornal The Sydney Morning Herald e pela Jill Dupleix, jornalista especializada em gastronomia.


O mais curioso é que tem uma corrida para visitar as cafeterias selecionadas pelo livro. Ontem, segunda-feira, 2 horas da tarde, estava impossível conseguir mesa num café considerado o melhor Cafe-Life da cidade.


E todo mundo entra no clima. Só entre ontem e hoje, visitei 5 cafeterias. Acho que tenho cafeína necessária para me deixar acordado pelas próximas 72 semanas. :P


E isso aqui é uma delícia!


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

É... O tomate tá ficando caro no mundo todo!!

Nova York levando café a sério

A dinâmica presente no DNA de Nova York se mostra presente também na cena de cafés especiais.   A cada ano que passa fica evidente a vocação de Nova York para, assim como Porltand, Seatle e São Francisco, ser um ponto de referência de cafés especiais.   Visitei e re-visitei nas últimas duas semanas aproximadamente 30 cafés especiais em Nova York além de lugares onde o nova-iorquino consome boa parte da bebida como Mc Donalds, Dunkin Donuts e, claro, Starbucks.   Gorjetas   Uma coisa que me chamou atenção esse ano foi a gorjeta. Culturalmente, as gorjetas variam de 10 a 15% do valor do pedido. Quase todos os cafés de NY hoje usam um iPad como POS ou ponto de venda (a nova geração da tela da caixa registradora) e simplesmente giram a tela para o consumidor colocar o quanto gostaria de dar de gorjeta.   É fato que muita gente nos EUA vive com o dinheiro dessas gorjetas, que é muitas vezes maior que o valor do salário. Mas aqueles 10 ou 15% tradicionais estão virando coisa do passado. Algu

1000 coisas para comer antes de morrer

#0006 Pierog Comida típica polonesa, esse salgado é uma mistura do nosso pastel com um grande ravioli semi-cozido. No recheio, repolho, cebolinha, batatas e carne e cogumelos portobello. Além de versões mais modernas com morangos e confitures. Tradicionalíssimo na Europa central desde o século XVII e patrimônio gastronômico da Polônia.